quinta-feira, novembro 29

Filosofias

(...) Não são nada; e ao mesmo tempo tudo. é uma questão de escolha!

"Vida é o que acontece com você enquanto você faz outros planos."
Lei de Knight

Pára!



- Quem começou foi você! Pará de gritar comigo. Não vai ser assim que você vai resolver seus problemas.

Juizo E Caretas

Dizem para seguirmos a leva; para estarmos sempre no P&B; para nos destacar mas sermos ao mesmo tempo ajuizados. Dizem para naõ fazermos isso e nem aquilo... Pro nosso bem? Há! Dizem... Eles dizem! Quem são eles? ELES! Eu só respondo que prá mim juízo é pra caretas...
Que nem calças.
"Porque dizer que cada um é especial só mais uma forma de dizer que ninguém é; na verdade."

Infância


"Ei crianças,
venham ver!
Algo estranho vai acontecer!


E quem nos acompanhar...
Com certeza vai se assustar!"
O Estranho Mundo de Jack.

FazMal

Masi uma vez me vejo nessa situação me pertuba meus sonhos; você nem mesmo me comprimenta quanto amsi me conhece de verdade e quer jogar na cara coisas falsas e boatos; nem mesmo tenta saber a verdade por trás disso tudo; você me faz ficar doente com tantos pensamentos. Nem mesmo me reconhece e fica com esse seu ar de superioridade falsa bancando de o poderoso; mas o que percebe-se é o quão depedente de você espera-se que eu fique; que eu precise de um sustento para o todo sempre. Que eu não consiga seguir em frente. Pena; meu bem... Porque disso só ficam marcas molhadas no meu rosto, que eu esqueço com uma lavada revigorisante; e sigo em frente. Se não podes me acompanhar então não me prendas a ti; permito apenas que veja o quão boa eu sou; e espero que u m dia você possa sentir orgulho desse pouco-ser que sou.

quarta-feira, novembro 28

- Olá; Gabriela.

Acho que essas são as únicas palavras que eu posso esperar de você sem esse tom pejorativo e sinismo encravado. Mas esperar que não tenho nem um pouco de crítica é esperar deMAIS!

segunda-feira, novembro 26

Não diga que não avisei; mamãe!


- é sempre assim...


História

Acordou para ver o mundo acontecer. Era cedo e estava a perceber oos gritos do silêncio que ensuderce passando pela fresta da janela trincada. Queria ir lá fora e ver o que acontecia em cada canto do horizonte; sabe de histórias engraçadas e melhorar os dramas contidianos. Não queria chorar; queria viver... Queria ir só além da artua tarefa de continuar a sobreviver; estava cansada e o sol nem tinha dito o 'bom dia' de todas as manhas. Cansou-se daquele gostinho de manhã cinzenta; ela lembrava olhos que não mereciam mais serem olhados. Já era tarde, é o que pensava quando voltou a contemplar aquelas sufocantes janelas, estava atrasada para o seu dia-a-dia rotineiro que a tanto a sufocava. Ao meio dia estava sem fome; queria subir àquelas escadas para olhar outros cotidianos; entender seus mistérios. Era tarde quando abriu a porta e se deparou com, outra vez, aquelas paredes sem graças que não a deixava esquecer da realidade. Olhou a geladeira... tinha esquecido de ir ao supermercado e já era tarde. Deitou o seu sofá querendo usar o telefone; mas... Que se dane; não queria mais saber daquelas velhas palavras repetidas; às quais eram aquelas que mais queria ouvir. Em meio a tantos pensamentos que a torturavam a campainha desafinou o som da sua conciência; quem seria a essa hora? -Pois não? -Eu sei que está tarde, mas preciso das minahs anotações que deixei aí; posso subir? (Decepção) -Ah! Claro... A porta está aberta. -Obrigado (...) Er; oi?! - Vou pro quarto, ´tá tarde. Quando sair é só bater a porta; você sabe... ela tranca sozinha. -Claro; claro. (...) Oi; desculpa incomodar... - Que foi? (Voz de sono; ou seria de choro...) - Não consigo achar o caderno... - Ãhn; será que você não podia voltar amanha? Sério... - Não! Preciso prá hoje... (chega mais perto) é muito importante. - Seilá; liga a luz; deve estar na sua parte da cômoda. - Ah! É... (Pega o caderno e está saindo) Sabe; sou a metade do homem que costumava ser. -Ãhn? (Definitivamente; voz de sono!) -Eu só queria que se você quiser não venho sem você saber. -Sabia que tinha ouvido errado... Escuto você não tem casa prá ir não? Já tá muito tarde... -Amanhã é sábado! - Tarde prá eu voltar à realidade. -Você que não quis... - Você que não escutou... -Posso durmir aqui? Trouxe meu pijama de bolinhas... -I prefer the natural way -Eu também; posso? -Pode... Só não vale cair em amores; de novo. Combinado? -Claro! -Promete? -Você sabe que naõ sou bom com promessa... -Ah! Esse risco eu posso correr! -Te amo! -A-han; cala a boca e apaga a luz que amnha é só sábado... -Sabia. -O que? -Você também... -Nunca disse que não mas parece que não era suficiente... -Sempre foi; eu que me enganava! -Já disse prá apagar a luz?

segunda-feira, novembro 19

Desculpa,

se não é com palavras postas à vista que consigo mostrar o meu eu; falo-falo mas são coisas banais. Tento mesmo... problema vêm de fábrica!

- Qual é a melhor opção: Solteiro ou Casado?

-Solteiro; porque assim você discute menos pois só você têm idéias...
Rodrigo Ferrari; 11 anos.
-Uma graça de menino se me permite dizer...

Things

O mais provável é não ter respostas para tudo; o mais certo e não saber nem da metade; o inquestionável é o não ao certo entender. Tudo [sub]entende-se.

Vou sair de casa;
Vou sair daqui;
Prá nunca mais voltar;
Vou tentar viver;
A minha vida.

Nova História

Ela; que estava sempre na defensiva jogou a bola prá frente e seguiu viagem. Ela que sempre esteve só mas nunca desacompanhada encontrou com quem estar e ficar. Ela; que sempre pareceu estar distante desse tudo num instante (não mais que de repente) chegou perto do novo mundo. Descobrindo pouco a pouco ela já entendeu que é um caminho sem volta... Mas também é um porto seguro para se estar. Quem sabe agora ela conheça o inesperado, porque ela sempre conseguiu prever tudo! Mesmo quando naõ queria adimitir; ela sempre foi boa nisso se você quer saber mesmo! [Ad]Mentir; nunca acreditou nas próprias palavras; achava que o melhor era só acompanhar mas não participar. Distancia era seu refúgio. Agora; mudou e vai sem para o sempre.

sexta-feira, novembro 9

Na Televisão É TÃO Mais Fácil



Tem todo aquele clima de dramalhão; os problemas surgem trazem ruins e boas coisas para todos e são solucionados em o que? 2 episódios quando é muito. Isso quando não é uma série que tudo é feito e refeito, concertado e polido em 30 minutos de pura diversão. A vida é um pouquito mais complicada que isso; um episódio dura dias; semanas; meses e até anos. Demora-se mais para entender a trama e os envolvidos e gasta-se tempo para saber tirar proveito de tudo. Bem mais complicado é sair disso tudo. São tantos nós no novelo todo que: CRE-DO! Mas no final tudo fica bem; obrigada.

Remix



Quero me encontrar; mas não sei onde estou. Cada vez tenho essa sensação de estar cada vez mais e mais longe de tudo. Vai ver que é assim mesmo. Complicado e diferente. Essa gente que não se respeita mais; tenho quase certeza de que eu não sou daqui! De tudo apenas isso é certeza: Não é vida como estar e sim as coisas comos estão. A culpa é de alguém? Ah! Deixa estar; deixa viver; deixe acontecer. Da vida quero só o inesperado.

quinta-feira, novembro 8

Tchu ru ru

As coisas são assim mesmo. Pessoas vêm e vão. Passam. Repassam. Que liga prá isso? Ligo sim é pro senhor; parado que me espera. Me espera para o inesperda; da vida. Que é o que a gente quer. Quer e consegue. Consegue? Nem sempre. Acontece... Mas eu nem penso. Vou sempre na direção que escolhi. Longe ou perto. Coisas relativas; ah... Esqueça!

segunda-feira, novembro 5

it's so hard to do and so easy to say, but sometimes you just have to walk away -

enviar recado cancelar

domingo, novembro 4

sexta-feira, novembro 2

O meu medo é que eu para ti seja mais alguém que te quer.

Ou não.

"Se o passado soubesse de tudo;
Talvez não errasse tanto no presente;
E talvez não pensasse tanto no futuro."

-Lafusa
E se fosse assim mesmo histórias seriam apenas imaginação; a vida seria bem mais bela. Será? Se me diz que sim eu teria que dizer que não. Mas se o passado soubesse de tudo erros não seriam justificáveis! Mas... existiria erros? Hm... Óbvio que sim! Não se iluda! Errar é mais que humano! Mas o passado mesmo assim devia ser menos burro e nos ajudar um pouquinho. hê!

Existe o Certo; e o Errado

E todo o resto.

-O que é o melhor da hsitória!