domingo, dezembro 14

Volta?

Por dias que nunca voltaram eu fico pensando aqui, no meu canto escuro. Enquanto eu escuto clássicos da música, me sinto cada vez mais e mais paralisada. Meu Deus: O que eu estou fazendo? Para ser mais metafórica que nunca eu digo que a um ano atrás eu estava em cima de uma montanha, não sei se grande... Nem se bela. Só sei que tinha uma bela vista do sol nascendo. E então eu me joguei, e agora estou em queda livre. Será que isso tudo tem um final? Os momentos não param de passar, mas não os antigos... Os que acabaram de chegar, fresquinhos ainda na memória e eu penso que não, não terá um fim. Eu me pego, no final dos meus pensamentos pensado, eu errei? Eu me deixei levar demais? O que eu fiz... Eu quero de volta! Volta?

domingo, novembro 16

Cansada de clichês malucos que não param de dizer a mesma coisa, over and over again. Cansada de viver sempre as mesmas coisas, mas em momentos diferentes. Cansada de sentir assim, do mesmo jeito, nos mesmos dias, nas mesmas horas. Cansada de acreditar nisso e naquilo outro, ou pensar em x e y acontecer. Cansada de perder, cansada. Mas, se eu parar, de novo, pra pensar vou ver que não sai do lugar, e isso não cansada, não é? Quer dizer, quem nunca dá um passo pra frente, ou mesmo prá trás, nunca vai perder nada, nunca vai cansar-se, nunca vai chorar, nem brigar, nem gritar, nem ah! Entendeu...? Mas, ao mesmo, isso não faz sentido porque... Eu, que nunca dei esses passos, me sinto tão cansada... mas porque?!

domingo, novembro 2

Sabedoria Popular

A voz do galvão resiste até ao mude do controle remoto!

quinta-feira, outubro 23

Tudo em Partes

Tudo é em Partes
As histórias
Os sentimentos
As amizades
As confissões.

O que se espera é
Um dia
Não ter que ser mais tão
Tudo em Partes.

O que se quer
É ter as Partes
Em um só.

Acontece que confiar às cegas é um negócio perigoso; não é pra qualquer um.
Daquela vez eu não sabia muito bem o que era o amor.
Hoje eu sei, e mesmo assimdeixo passar.
Todos nós temos aprender de algum jeito.
Só que às vzes a gente reprova mais de uma vez...
E eu nunca mais vou me jogar de vez para ver quando que eu chego no final de tudo. Porque dá uma de kiwi nem dá muito certo.

segunda-feira, outubro 20

I see the sand fall through my hand
A subtle picture, quiet reminder
We're staring through this hour glass

When will it run out? When will we run out?

We've learned to build our castles out of sand for so long
So temporary, I watch them tumble down
It's time to let it go
Turn back the hand to the beginning

Wouldn't it be nice, give it some more time
Bury yourself under the blanket

How do we slow down?
How do we walk when we're supposed to run?
Quando tudo vem à mente, eu me perco nos pensamentos. Vêm primeiro um rosto, depois a memória inteira. Era assim, é assim? Com você eu sempre tive aquilo que quis, às vezes até um pouco mais! Eu podia falar, sobre tudo, sobre todos, não precisava esconder. Claro que sempre teve parafusos perdidos por aí, que eu não queria comentar. Sempre teve uma parte da minha vida que com você eu tentava ignorar.

Mas aí você foi embora. E eu fico assim... Sem saber o que fazer.

Era

 

Olhou, virou, tentou

Começou de novo

Era só um papo novo

Era só tudo isso

[de novo

 

Um pouco mais daquilo

Um pouco menos de lá

Já era só um espaço

 

E aquele

Que esperava à distância

Ficou por lá

 

Era tudo isso

[de novo.

segunda-feira, outubro 13

 

Fim de ano. De novo. Poisé.

E parece que agora o tempo vôo mesmo, começo a confundir o anor que passou com esse anos. Tipo já faz quase um ano que eu namoro? E esse ano é o fim. Fim de provas de físicas, de trabalhos de cênicas feitos 5 minutos antes da entrega, fim de Ducinéia, fim de.. de... de.... Da escola, Ora Bolas! Por um lado estou por dentro cantando

ALELUIA, ALELUIA!

Mas depois é que a gente para prá pensar... Nossa, já se passaram três anos desde que eu sai do CMI, já fazem três anos que eu não vejo gente que eu via tipo Todos Os Santos Dias Incluindo Sábados Letivos?

OMG!

O que será com os que eu vejo agora, mesma coisa? Quais serão aqueles que alguns anos eu vou continuar amiga? Hm, isso é triste no final.

 

continua.

segunda-feira, outubro 6

Vestibulares, parte 1

 

é isso aê moçada, o vestibula estar chegando em todo o país, tipo papai noel, e com isso os nervos começam a subir. Essa primeira parte e a parte que mais pode te ajudar: Redação.

O clichê master que eu já escrevi em várias redações foi relacionar as palavras ser humano com a palavra vida. Tenho certeza que o examinador de provas não aguenta mais as relações sem criatividade repetitivas com elas, maior certeza que ele deve ser roer por não poder tirar pontos. Não é clichê, não do ponto de vista de uma pessoa qualquer que leia... Mas aí eu começo a entrar em conflito com o período inicial e dar-se vida ao paradoxo.

Aliás, redações não deveriam ser critério de avaliação para ninguém. Eu mesma, tiro A+ com uma pessoa e, seilá... F- com o outro (existe F-?). óbvio que eu não sou exemplo à quase ningém, mas... Tenho lá minha sabedoria. E gosto de dividi-la em grupos.

  1. Eu sou melhor do que você: Grupo dasqueles fortes na argumentação, pecam no quão forte esses argumentos chegam... Assusta um pouco.
  2. Intelectual-Master, vulgo CDF: HÁ! AUto-explica-se. Sinta medo, inveja e, se der sorte de sentar atrás de um, copie.
  3. Ops, tinha redação?: Faz toda prova, sai... toma água, vai no banheiro, dorme... E! Vai entregar a prova quando vê: PUTA! A redação...
  4. Meros mortais: Raça dos mais ou menos, chera mais não fede. Tira os três... pra não ser desclassificado.

Agora ficou claro em qual eu me enquadro, não é mesmo?

segunda-feira, setembro 22

Um recado para você.

Às vezes é preciso mudar; quando tudo parece o mais errado, quando eu viro um fardo. É preciso mudar. E mudou, sim senhor. Eu não vejo o quanto importante sou eu. É preciso me mostrar isso - todos os dias. Me amar -todos os dias. Se eu me transformei num fardo pesado, de quem você não consegue mais levar... Então fique aí, sozinho, vendo seus lindos girassóis. Cansei de ser sempre essa mesma desculpa sua, não é o momento, não está afim, não tem tempo. Só quero o entusiasmo; se eu quizesse romantismo comprava um livro. Só quero palavras sinceras, e não àquelas mesmas quesempre saem cansadas. O disco não empenou, o tempo é que passou. Às vezes não só sou eu que tem que fazer isso dá certo, para um virar 2 é preciso de sua ajuda também; não só só eu que tem que lembrar-se do porquê insisti. Não só só eu que tem que supreender. Às vezes o que você não percebe é que não me tem na mão, e um dia eu canso da sua sempre mesma velha história, de atirar pedras enquanto eu ainda faço o meu pensamento. Os girassóis já passaram e logologo novembro também passa; se é isso que quer.

segunda-feira, agosto 18

tipo AI


Ciclos Sem Fim

Começa com a vida,
Termina com a morte.
Começa num ponto, termina nele mesmo; mas após 360º experimentados.
As vezes as voltas são maiores, outras menores. Depende é do raio que você realiza.
Tudo é uma questão de detalhes, pequenos ou não, são detalhes.
Se um dia está feliz
O outro está triste
Mas após uma semana
Já está com o sorriso, de novo... Viu?

círculos
E é assim que tudo se mistura:

A vida com a morte,
O sorriso com as lágrimas
O real e o fantástico.
Eles não deixam ser o angulo inverso do momento.
São sempre duas moedas, mas não dois lados apenas.
É uma questão de ponto de vista!


Recado do Google?


- O que me diz?
Esperando por uma faísca
é assim que passa a vida
Esperas infindadas
é assim que passo a vida.
Se o impossível é
o que ninguém conseguiu
Até você fazer
Por quê para mim
Parece tão difícil?
Tentando, fazendo, errando
Assim que a vida será?

domingo, agosto 17

E é quando escurece
E todos vão para casa
Que se percebe
Os valentes,
os covardes.

E é quando se misturam
Que se entende
As diferenças.

E é quando você
Fechas os olhos
Que eu entendo
Porque gosto de você.

sexta-feira, agosto 15

Você pode me ver como quiser;

Eu não vou fazer esforço pra te contrariar;
De tantas mil maneiras que eu posso ser;
Estou certa que uma delas vai agradar você!


segunda-feira, agosto 11

Não Não Não

Não quero brigar
E nem discutir
Não quero gritar
E nem chorar
Não Não Não
Vai acontecer
Não Não Não
Isso acabou
Não Não Não
loucuraSETELETRASsorteDESTINOféHUMANIDADEcaosCASAcamaSONHOSbeijoAMORfeitoPANQUECASchocolateALEGRIAcarboidratosCATUPIRYpizzaCORPOestadoLOUCURA


Bicho Esquisito

Que bicho esquisito
Venham... venham ver!
Bicho esse amargo
Olhar surrupiante
Anda para trás.
Que bicho esquisito!
Será que é de verdade?
Verdades aliás,
Não são seu alimento
Preferido
Bicho esquisito
É aquele que
Arde de verdade
Difícil de lidar;
é esse bicho esquisito
que eu não quero nem lembrar.

terça-feira, julho 22

E é


verdade que as minhas escolhas

Nunca foram as minhas

Verdades - São para tolos!

O bom mesmo é se apaixonar.

segunda-feira, julho 21

Crenças&Adivinhações

Vocês acreditam em destino marcado, escrito nas mãos e essas coisas? Eu estou preste a acreditar, porque sabe... Só acredito [vi]vendo. Eu tinha muitos menos anos do que eu tenho agora, na 6ª série, quando o que me -quase- faz acreditar nessas coisas aconteceu. Era a época das descobertas, do primeiro-soutien, do primeiro-beijo. Eu sempre adorei essas coisas mágicas, fantásticas, impossíveis e inacreditáveis... Mesmo que eu duvide eu sempre quero acreditar, pois penso que assim a vida não é apenas essa vida e sim um mundo e possibilidades esperando por nós! O mágico e o fantástico sempre me proporcionaram bons momentos em meus sonhos e pensamentos, seria bom saber que, mesmo que seja só na essência, esse mundo existe. Era um recreio, a maior felicidade misturada com pão de queijo, coca-cola, sorvete e muitas halls pós aula de matemática, e uma amiga meio esquisita vinda do Acre estava lendo os nossos destinos pela nossa mão -direita- sabe? O básico: Amor, felicidade, filhos. O meu veio com o extra: Personalidade. Além de ela não me conhecer a tanto tempo assim, ela disse em todas as minhas crenças sobre o mundo da minha imaginação e flutuou mais um pouco no meu mundo de crenças em pessoas e deu um pouco da minha vida. Não quero contar aqui, se não todos saberiam o que me espera, não é mesmo? Mas o que eu digo, é que a metade estava certa... Só falta a metade que ainda estar por vir. Se ela estava certa ou não só os anos dirão.

sexta-feira, julho 18

sobre isso, e aquilo outro






A vida é feita de esperas e desilusões, é o que costumavam me dizer.
A vida te espera na esquina, é o que costumavam me informar.


A vida é bela, é o que sabiam à respeito.



a verdade, mesmo, é que a vida é única.
para cada um.
para todos.
E essas [pré]definições vieram [com]junto do cada um misturado com o todos.

Céu De Estrelas



Me pequei olhando as estrelas, já dizia mamãe que eu faço isso muito, que um dia eu iria perceber que na verdade não valia a pena, porque ela dizia que tentar contar -O infinito!- é impossível, que eu era apenas mais outra sonhadora. Soltava um suspiro, enquanto ela fazia seu discurso dos pés-no-chão. Virava hora no relógio -Droga!- acho que ela estava certa. Porque a cidade, como já dizia vovó, não deixa as estrelas brilharem.

segunda-feira, junho 30


Os homens construem bombas,
eles são normais.
a



sexta-feira, junho 13

E afinal,

as palavras e frases são minhas;
as verdades, suas.

olhar embaixo

- E quem disse que não o encontrei?

Sou aquela que nunca perdeu a esperança de viver um Grande Amor.


Amor esse que está em todas as páginas

de livros

revistas

roteiros

cronicas

contos

e mil e outras palavras.


É esse tipo de amor,

que por mais que queiramos explicar,

palavras não bastam,

olhares não são suficientes,

imagens são só retratados falados.


Eu quero o Grande Amor,

àquele que é tão puro

quanto o sorriso de uma criança.

O Que Você Fará Agora Para Depois Ser Feliz


Gente grande é um bicho esquisito: Esquece de todos os seus anos passados e quando estão de fronte para o seu passado a única pergunta que conseguem fazer é: E aí pequeno, o que você vai querer ser quando crescer?

Até parece auto-flagelação, como se tivesse sido uma dúvida própria e quisesse impor nesse pequeno ser os questionamentos que o vão tortura durante toda a vida: Será que eu fiz o certo? Será... Será!

O problema disso tudo é que, esquecendo do passado, não lembram que a coisa mais certo seria perguntar o que queríamos fazer agora para sermos felizes depois, pois só assim saberíamos o que nos aguarda. Precisamos aprender que o futuro está apenas à um passo de distância, que o passado não menos que isso e que o presente é quase tão mutável quanto o brilho do sol.

Talvez dessa forma, as pessoas saberiam diferenciar o tempo, e saber que o futuro é o agora. -Literalmente. Talvez assim gente grande não jogaria todo o peso dos seus erros no futuro, e colocasse a glória no passado. Talvez... Só talvez, os nossos passos seriam rumo ao infinito, e não ao conjunto das coisas reais; porque as limitações só existem para aqueles que nunca acreditaram na força própria, no futuro próxima, e que o impossível sempre é alcançável!

sábado, maio 31

TM

"(...)Mas você voltou daquela Terra Prometida,
E você não prometia mais nada!(...)


(...)Você regrediu,
Foi domesticada[o],
Encaretou e sumiu,
Me deixou nessa roubada."
Acontece de assumir responsábilidades e cumpri-las; e não deixás-las de lado.
Acontece de não deixar-se levar, se entregar... Continuar sempre e sempre.
Acontece de sentir-se bem, completo e querer esse bem para o sempre.
Acontece de não desistir por mero engano; nao sair por aí pensando no seu fim.
Acontece de se amar; de se gostar; de querer por perto.
Acontece de ser gente e querer continuar assim...

quarta-feira, maio 28

Planos



E eu já fiz planos para nós dois. Começei com um esboço de sorriso e terminei na segunda infância. Eu já fiz planos minusiosos de roupas para te agradar; de perfumes para te chamar; de sorrisos para compartilhar. Você sempre me dá bem mais que palavras e eu quero isso e mais tudo com você. Já sei como vou conseguir tudo isso, só falta agora mover as peças... Mas tudo bem, porque afinal temos todo o tempo que o tempo nos deu. Agora... Eu só peço promessas sinceras, olhares de amor e beijos de carinho. Quero apenas o seu abraço no final de um dia mais do que chato e a certeza de alguém para sempre ter como um amigo mais do que confidente; um amor.

Mas... Afinal

Saber o que sentia é o que eu mais queria saber; poder te ligar e falar com você sobre o passado; o nosso passado. Saber o que significava todas aquelas horas, semanas, meses de espera para chegar então o Grande Dia. Era assim que a minah vida ficava, esperando os Grandes Dias chegarem e quando chegavam eu me encantavam, meus olhos brilhavam e era só felicidade. A pena é que eu nunca soube se valeu; quer dizer... Para você. Você sempre pareceu menino-sincero, de promessas sinceras e sem desculpas. sempre disse tudo mas... Esse tudo não significava quase nada. Pena que não existia mais como isso se segurar, pena que a distancia sempre seja um agravante, pena que eu era nova, pena... Pena? Ah! Olha eu aqui, falando besteiras... Como seu eu fosse a mesma menininha que um dia sonhou em ouvir de você um quase eu te amo, que perdeu o sono e [algumas] lágrimas. Mas, falando agora diretamente com a sua pessoas, afinal... O que foi [tudo] aquilo?

sexta-feira, maio 23

Cansada de esperar; discou números que já não eram mais os seus...
Eu entendo que não é como você fosse um quadro vazio esperando para ser preenchido. Você já veio com o pacote inteiro: Pensamentos, ideologias, expectativas, sonhos, tristezas e todo o resto acumulados. Eu que começei no level 1 e estou esperando chegar de repente no 10; sendo que eu nunca fui boa nesse negócio de ganha&perda. Eu sei de tudo isso e também naõ quero entregar todos os meus bonus acumulados... Estou num beco sem saída; então...
Olhar para o lado e ver o que não foi.
Olhar para trás e não conseguir se sentir parte daquele caminhO.
Olhar para frente e não ver um lugar para se perder.
Se ver; e não saber o que dizer.
É assim que me perco nos dias infundáveis.

quinta-feira, maio 22

Willy Wonka



Sabe o que aconteceu com o homem que sempre teve tudo o que quis?
Viveu feliz para sempre.”

quarta-feira, maio 14

Nothing is gonna change my world.




-I know... [?]

E se...

E se eu for só mais um alguém tentando a sua atenção, enquanto você continua a olhar fotos antigas do passado nem tão distante. E se eu for só mais uma boba apaixonada querendo aquele olhar? E se eu não consegui-lo...
E se eu não for capaz
E se...

deixando levar-me pelas influências
e que comece de novo quando seu coração for uma sala vazia com as paredes em nude.

domingo, maio 11

A verdade

A verdade é que eu não amiga de ninguém.
A verdade é que eu só me esconto e encontro pessoas magníficas, mas não consigo guardá-las eu só vejo o quão bonito é o brilho.
A verdade é que eu não amo ninguém, eu só apaixono pela idéia de não estar amis sozinha. Eus ou egoísta, eu sei disso! Eu finjo não saber, mas no fundo eu sempre soube disso. Eu amo a idéia de ter alguém bunito. feliz do meu lado.
A verdade é que o amor não foi feito para mim, ele foi feito sim para as pessoas do comercial e das letras de música e não prá mim, mera mortal. Eu sou o medo de amar. Eu fui feita para crescer, ocupar espaço e... Só!
[!]
é, eu acho que sim.

terça-feira, abril 29


Do que me andianta tentar; se tudo é sem razão e duração?

[pre]sinto

Que quase não te conheço;
Passaram-se tempos e tempos
E você continua fechado;
Com medo...
Mas medo de que?

Dias vão e vêm,
E eu o conheço cada vez mais
Pelos boatos;
E eu só queria que você falasse;
Afinal...

... ah! Deixe para lá!

domingo, abril 27

Eu desejo todo tempo,

Que me mantenha voltando pra você,
Noite após noite...
Me levante tão alto como as nuvens que existem no céu,
Por você e por mim.

palavras

lembrançaSONHOSinceridadeTERNodioUVIRevoltaMORomanceXTASEmoçãoNOMATOPEIAlegriaMIZADEutanasiaMIZADEletronicoCOnitorrincoRGIAlegrimILAGREsperançaTRASOlhosORRISOutrosINCERAbraçoMOPLATAdidasER







Muitas dessas palavras estão presentes
no nosso dia.
Algumas nem notamos.
Outra não damos atenção.
Mas sem a maioria,
o meu mundo não seria
relamente
mundo.

how to make friends





Emily knows how to make friends


She doens't change... she is always strange




-Mas ela é tão tanto e eu sou apenas eu.




E então eu me entrego àqueles pensamentos que me dizem que nunca seria aquilo que ela foi prá você; e isso cada vez mais me deixa louca para provar o tudo que eu posso ser.

pequena história




Era só mais um dia normal de uma pessoa igual às outras; era
só mais uma manhã de sol sem-graça sem promessas de uma melhora; era só mais outra vez que o seu despertador tocava.



bii biii biiii


Esse era o barulho - insuportável - que escutava quase todas as manhãs; esse era sempre o momento de deixar os seus sonhos e cair na realidade nua e crua; comendo o cereal fazia planos que nunca teria tempo de terminar, arquitectava viagens das quais nunca faria e filosofava teoria que nunca seriam publicadas.

-Oito horas, hora de ir.


Ligava o carro, droga... não pegava de novo! Lá se vai a pontualidade de novo.

E de novo, novo, nov...

Era assim, todas as suas manhãs: Iguais.

E era assim que continuava: Igual, na rotina; igual, nos horários; igual, nos rostos que via.

Sonhar, era o seu refúgio.

Mas, sabe, tudo chega ao fim e esse fim já era mais do que bem-vindo. Naqueles seus dias de preto no branco surgiu uma nova pincelada, enérgica... Colorida! Era quase um nada, um ponto naquele quadro op-art; um ponto surreal.

Chegou como se não queria nada, mostrou seu brilho e refletiu-se em tudo e então, não mais que de repente, foi-se embora.

Dizem que ela então partiu para o desespero, e nesse desespero tirou do papel todos àqueles planos e filosofias e partiu. Largou tudo, mas... Que tudo? Daquela vida mediucre não queria mais nada! Andou milhas, cruzou países, mas faltava.

ar? não

cash? não

lar? não

ele... E esse ele um dia cruzou de novo o seu caminho, aonde mesmo? Não é importante.



Naquela sua nova vida.
E explicou o mundo pra mim.

terça-feira, abril 22

Sobre Roupas

"Há um tempo em que é necessário abandonarmos as roupas usadas, que já tem as formas do nosso corpo, e esquecermos os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia:e se não ousarmos fazê-la, teremos ficado para sempre às margens de nós mesmos."
mas apesar dos pesares tenho que dá meus créditos à você; afinal... Quem mais me faria rir de um jeito que lembra infância? Com você eu tenho tudo, sem você eu perco o chão.
porque você não conta pra mim os seus problemas? Porque você não conversa mais? Porque agora você foge? Porque sou sempre a interessada em tentar saber da sua vida e você é sempre finge não ouvir? Falta de confiança...? Pensava que nós já tínhamos pulado essa fase...

Mafalda

O engraçado disso tudo é que se você só considerar os últimos dois quadrinho podemos pensar que ela é uma piriquete fazendo topless (...)

Vamos Viajar? (:

- Não!
...

...
-E o que te impedi de ir?
Dinheiro, família, cidade, casa, lar, cachorros? Essa não era a resposta que eu queria ouvir, nem de longe! Não era uma resposta imediata, não mesmo! Eu só estava te testando e, mais uma vez vo~cê foi reprovado... Então porque eu insisto em tentar te dar um A+?
um doce já valia o sentimento,

mas nem isso mais vêm.

Enquanto isso você fica correndo atrás do passado

E aos pouco você cria teorias

E faz planos

Se esquecendo do presente?

Se Pudesse Ter Só Mais Uma Vez


Só mais uma vez!

Se eu pudesse abrir os olhos e ver aquele ar de admiração

De bem-querer

De feliz apaixonado

Se houvesse tempo, se houvesse espaço


...

Eu sinceramente iria adorar,

Seria mais fácil crer nessas promessas

Que quase sempre me levam ao abismo que existe entre suas palavras

E a realidade.


Só queria sentir

Ser fletada

[pelo seu olhar.

terça-feira, abril 8

Uma Luz


Preciso de uma luz, sabe? Daquelas bem brilhantes! Que ofuscam os olhos e nos deixam encantados. De uma luz tão brilahnte quanto o sol e tão singela quanto o reflexo do brilho da lua na água. Uma luz para encontrar um caminho, que seja certo ou errado não importa, para seguir sempre em frente. Quero uma luz, uma luz de vaga-lume: Fascinante, simples, brilhante e intocável.

sexta-feira, abril 4

Gaveta Da Memória


São coisas deixadas para trás, esquecidas pela memória. Passa tempo, passa, passa e com ele vem a poeira. Cria-se uma força prá lá de misteriosa e as coisas ganham vida, movimento, sentimento...? É! Isso mesmo. E então um belo dia você decide olhar aquela velha gaveta que parou no tempo ela não está a mesma da sua memória; o que aconteceu com todos aqueles belos anos, nem parecem terem sido reais! Será que foi um sonho?

terça-feira, abril 1

feist




One
Two
Three
Four

Tell me
that you
love me
more.




Hoje eu fiz a lista de seus merecimentos e de seus erros. Hoje eu separei a parte dos textos em bons e ruins. Hoje eu tomei decisões. E hoje eu não consegui uma palavra de otimismo. E hoje eu não quero mais lembrar. E hoje vai fazer parte do meu passado a partir do meu amanhã, espero que que entenda o que eu precisava falar e não consegui te dizer não vão ser mais falados; sabe oq ue eu fiz? Coloquei na lista dos seus erros que quero rasgar e não mais lembrar.

pequenas coisas

São as pequena coisas que fazem o detalhe virar o todo. São as pequenas coisas que encantam. São as pequenas coisas que destroem. E, apesar dos pesares... Eu adoro ouvir essas pequenas coisas. O problema é que esses tempos elas estão em falta no eu estoque.

caótico

Às margens do
Precipício
Sob o céu
Foligem
Do dia
Propício
Das noites
Que perduram
Nunca será igual ao que
Passou.

domingo, março 30

sexta-feira, março 21

Valentín





















"Minha visão é cem por cento,não é disso que me queixo. O problema é o
ângulo
"
.

A culpa

Se o dia ao abrir os olhos parecia cada vez mais cinza e embaçado, se o café da manhã cada vez mais perdia o gosto e se cada vez que tomava o banho logo cedo a água mais parecia perfurar a pele de tão gelada que parecia estar a culpa era do pequeno monstro que estava crescendo. Se ao colocar a roupa e passar o batom que a cada diz parecia menos vermelho a culpa era do abismo que se abria cada vez mais. Se ao chamar o taxi e finalmente chegar para mais um longo dia da sua já não tão boa rotina a culpa era do grande peso que estava nos seus ombros. Se logo depois de, finalmente, desligar a máquina e ir para casa já não era grandes coisas, se a cada vez que abria a porta e não via mais um motivo para tudo aquilo a culpa era daquilo que fazia lágrimas correrem soltas a cada vez que sentava-se na mesa do jantar e não encontrava mais o alguémd o seu lado para esquecer toda aquela rotina. Se nos domingos de sol já não tinha motivos para fazer continuar o dia a culpa era daquilo que deixou os seus dias cinzentos e que agora se apagavam; a culpa era do do prá sempre, que sempre acaba. O dia se apagou, veio a noite e ninguém para poder se lamentar; o dia se foi e com eles o final feliz, a noite veio e fez o tudo ser cada vez mais o nada e ela sempre chega...

terça-feira, março 11



"Não se esqueça que eu sou uma menina parada em frente a um menino pedindo para ele amá-la"

I...

To say the true
I love you

To say the true
I need you

To say the true
I... Whatever.

-AHHH!


I got

Because I got the messenger
I know the true
Between me and you
And I can't
Be the second best
On the list of your heart;
And I can't stand
You keep saying:
'You are the only one
She doesn't lives in here
[anymore.'
Shut Up Baby
What you don't say,
Your eyes shows,
And your lyrics
[Screams.
E eu que imagina o desastre vindo do céus: Sem festa, sem bar, sem dinheiro e 72 horas de puro silêncio. Não imaginava que fosse assim, nunca imaginei que fosse tão bom te sentir, te olhar, conversar... Não sobre tudo, mas já foi um começo. Eu que nunca me imaginei confortável, a coisa que eu mais queria era um abraço; ganhei um beijo! Nunca imaginei que podia voltar, nem que fosse por segundos...

-Acorda, filha.
If you're waiting for a sign, this is it.

Do it.

Não espere que essa chance se vá. Não exite em fazer o você feliz. Não adie um sorriso. Não adie uma ação. Não deixe prá lá. Não vá prá um lado e o rumo para outro. Não se perca no escuro. Não espere demais. Não procure entender a razão. Não pensa, se está esperando por um sinal... O momento é esse. Faça!

T.M.

Moon shining more then
shine outside

Bigger than all, shouts:

“Can I come in?

domingo, março 9


Sentir o vazio
Não querer o final
Se ver já no escuro.


Esse sim é fundo do poço, meu caro amigo.

terça-feira, março 4

é o DNA

"Os homens ficam mais velhos, mas isso não os melhora."

-O.W.

A Grande Verdade

"Se os fatos não comprovam sua teoria, despreze-os."

Depois de horas de cálculos, de milhares de segundos e muitas gotas de suor frio depois eu escrevo finalmente a resposta tão esperadas na questão para em 5 minutos todas as minhas teorias incríveis e mirabolantes serem derrubadas com simples palavras e eu me depara com o abismo da minha ignorância matemática é para essa frase que eu me volto.

Lições



-Você sempre tem pelo menos duas opções.

E a diferença entre elas é pequena, quer dizer: Você pode ser o alguém que olha o maluco se jogar do prédio ou o maluco, o que muda é o jeito de sair dessa história.

E se não der nada certo?


Eu vou apelar pro lado bom dele.

Doce Enlatado NÃO


"Poucas coisas neste mundo são mais tristes do que um bolo industrializado. Ali no supermercado, diante da embalagem plástica histericamente colorida, suspiro e penso: estamos perdidos. Bolo industrializado é como amor de prostituta, feliz natal de caixa automático, bom dia da Blockbuster. É um anti-bolo.
(...) O bolo é o exemplo, talvez anacrônico, de um tempo que não é dinheiro. Um tempo íntimo, vagaroso, inútil, em que um momento pode ser vivido no presente, pelo que ele tem ali, e não como meio para, com o objetivo de. (...) É uma demonstração de carinho de uma pessoa a outra. É um mimo de avó. Um acontecimento inesperado que irrompe no meio da tarde, alardeando seu cheiro do forno para a casa, da casa para a rua e da rua para o mundo. É o que a gente come só para matar a vontade, para ficar feliz, é um elogio ao supérfluo, à graça, à alegria de estarmos vivos. (...) Se entregarmos até o bolo aos códigos de barras, estaremos abrindo mão de vez da autonomia, da liberdade, do que temos de mais profundamente humano. Porque o próximo passo será privatizar as avós, estatizar a poesia, plastificar o amor, desidratar o mar e diagramar as nuvens. fora."

Foi Sem Querer Querendo

Sempre achei melhor olhar o lado positivo da minha vida e na verdade quando eu mais precisei desce meu lado optimista eu nunca consegui achar a luz nele. Sempre achei bonito lindos sonetos de amor e promessas eternas de amizade mas nunca consegui de verdade expressar o que isso sempre significou para mim. Sempre achei cliché dizer eu te amo, sempre sofri pelos incontáveis números na minha agenda que eu nunca podia usar, sempre sorri querendo chorar. Quis achar o melhor mas procurava no qualquer. Quis não ouvir as vozes atrás de mim, , mas sempre me importava. Quis deixar pra lá, mas nunca consegui não me importar.
Afinal, a vida me trouxe o Inesperado, sempre meu bem-vindo, e me deu de presente novos ventos e rumores. Ensinou novas palavras e novos olhares. No entanto me deixou um tanto quanto sua dependente, e não quero mais te largar. Da flor, não bonita e sempre intocável, fui para maçã doce.
Queria mesmo dizer que estou pronta para os novos desafios. Queria dizer que o que mais quero aprender é falar disso que prendo em meu peito. Queria mesmo era te ensinar que não só lágrimas formam uma obra-mestre. Queria desenhar o que para mim é belo agora. Queria esquecer o que foi o meu antes máscara-perfeita. Queria mesmo era dá meu sorriso em forma de sentimento para quem quisesse, assim mesmo, como esmola... Porque não é passageiro, sei que não.
Mas eu te digo agora, amo-te agora e até o prá sempre, que nunca acaba.
-Acaba?

segunda-feira, março 3

Sobre Chuva


"Parece até que me persegue
Água fria que não para de cair
Limpa o teto, suja o chão."


E parece que não em quer que eu te esqueça jamais. Estou cá vou lá, chove cá e lá. Vontade de que? Molhar, tratar, abraçar, apertar, esfriar, iluminar? Só me digas, o que queres de mim, cara amiga chuva?!


- Gabi, a destruidora de lares!

Olhar Para O Lado

Hoje me aconteceu uma coisa bem diferente. Não foi nada especial, nem esquisita, só diferente. Estava eu voltando para casa e como já era do meu esperar o céu se abriu diante de mim; como sempre para desabar mais lágrimas de São Pedro. Descendo do ónibus tive que esperar a chuva ceder um pouco e comigo também nessa esperança estava uma simpática Senhora, daquelas que você olha a face e sabe que ela é o tipo de vovó que faz biscoitinho amanteigados pros netinhos queridos, eu estava sentada, e só agora me ocorreu de oferecer o meu assento na parada de ónibus (o único ainda seco) para ela, e ela olhando à frente toda aquela água cair sem parar com a sua sobrinha florida nas mãos.
-Senhora? Venha mais para cá! A chuva está molhando a parte de trás da sua calça...
Minutos mais tarde São Pedro finalmente quietou da sua eterna depressão e a simpática senhora me ofereceu um espaço na sua sombrinha.
-Obrigada, aceito sim!
Logo veio o primeiro desafio: Atravessar a imensa poça d'água sem molhar os pés, eu bem que tentei pular na frente e ajuda-la, mas estava vindo um carro então tivemos que sem bem rápida no nosso pulo. 2 poças mais tarde São Pedro voltou de novo a me lembrar da sua presença e então a simpática Senhora me abraçou para eu não me molhar. Isso me fez pensar quantas mais pessoas iam fazer o mesmo. Sete poças mais tarde estávamos sãs e salvas já no asfalto no comércio local da minha rua e eu agradeci e segui o meu rumo. Mas me deixou um quê de esperança nas pessoas, são esses pequenos momentos que eu agradeço por ainda existirem boas pessoas na Cidade Da Corrupção E Escândalos; assim como eu sempre penso desse jeito quando uma pessoa se oferece para levar minha bagagem de cada dia que mistura livros, papéis, canetas e outras tantas futilesas no ónibus ou qualquer outro gesto simples e sempre bem vindo de compaixão.
Espero que você já tenha feito ao menos uma vez esse tipo de coisa, porque é uma das maneiras mais simples de fazer o mundo voltar ao eixo.
Mas, simpática Senhora; muito obrigada, salvou o meu casaco das lágrimas de São Pedro.

R.S

I never loved nobody fully
Always one foot on the ground

And by protecting my heart truly
I got lost in the sounds
I hear in my mind
All these voices

I hear in my mind all these words
I hear in my mind all this music

domingo, março 2

Deixo-te Para Trás


Fala

Amiga.
Choro.
Amiga.
Conforto.
Amiga.
Fala!
Amiga.

... que droga.
-Me abraça; quero saber da sua vida, dos seus problemas.
-Me liga!

Disso e daquilo

Das histórias que eu vivi me encontro na mais surreal. Estou no limbo. De frente para o precipício, se me levo com o vento será que conseguirei saltar ou... O que sei é que estou no meio de algo que não sei mais o rumo. Amar é certeza. Felicidade garantida? Não é o seu; é o meu que não está bem. Perto de você meus problemas são deixados para trás; mas o que seria de mim sem o você? Não sei mais se consigo. Rir, chorar da no mesmo se no final não está aqui.

História?

Das palavras sinceras
Desfeitas pelo tempo
Esconde-se o sorriso.

Dos olhares eternos
Que o "pra sempre" não pode
[alcançar.
Deixados para o "nunca mais"
[se alimentar.

Dos abraços reconfortáveis
O des-reconfortável incomodo
Silêncio se fez.

Deixaram-se os versos
Perdeu-se a poesia
Desfei-se o brilho
Nunca mais o feliz do final.

Mudou-se a prosa
Mudou-se o sorriso
Mudou-se o olhar
Se fez pessoa nova

Conhecer àquele de
Sinceras Desculpas
E nunca falsas promessas

Era o começo
De um novo fim
Mas aguardava o para sempre chegar.

terça-feira, fevereiro 26

Heart


Nele eu guardo meus sonhos e segredos. É nele que eu me fecho para o mundo. É nele que eu acho as respostas mais difíceis de aceitar. Nele eu coloquei o seu rosto e nunca mais esqueço. Confio mesmo sem saber, semrpe me atiro para o abismo da imaginação e das ilusões e prefiro isso à seguir o que a razão me diz. Ele nunca erra, pelo menos não até agora. Tudo o que aconteceu foi eu fingir que não o escutei. é dele que sou feita e é por ele que eu quero que as pessoas se lembrem de mim. É por ele que eu te amo e é nele que ficará tudo e todos. Eu devia agradecer todos os dias te ter.
-E se quiser posso dá numa caixinha! (:

domingo, fevereiro 24

Velhas Histórias

Minhas prateleiras,
Estão cheias das minhas coisas.
Meu quarto,
Não me encontro nele mesmo
[mais.

Minhas prateleiras,
Estão cheias,
Das coisas que eu jurei jogar fora,
Estão cheias,
Dos sonhos empoeirados,
Das fotografias rasgadas,
Dos sorrisos perdidos,
Elas já estão cheias,
E eu preciso arrumar.

Jogo tudo no chão,
Amonto-o num canto escuro,
E finjo esquecer,
Esperando por você,
Pra me ajudar,
A [re]compor velhas histórias.

Não olho mais no canto,
E junto mais coisas pra lá,
Jogo minhas dúvidas,
E minhas lágrimas.
Tentar [re]arrumar,
Longe de você?
E elas voltam a rolar.

Ascedente

Sensível, pacífica e com uma profunda compreensão das pessoas, assim você é. Tem uma natureza relativamente tolerante, e não tem por costume prejulgar os outros. Em uma situação competitiva e agitada, desiste com freqüência e se afasta, pois interiormente falta-lhe potência e agressividade. Constantemente vive um conflito íntimo: querendo e não querendo ao mesmo tempo. Na realidade, você tende a ser passiva, a esperar, observar, sentir e conhecer muito para, finalmente, agir pouco. Permitir . . . ?

"Você pode ter todo o dinheiro do mundo, mas há algo que jamais poderá
comprar: um dinossauro."

E isso mostra que não é tudo que a gente consegue com o dinheiro. Existem olhares que você nunca conseguirá, existirá pessoas que você vai conhecer, abraços que nunca irá sentir. E nunca jamais verá um T-rex comendo churrasco na sua mansão; jamais!


Um Caminho Sem Volta



Para você quero apenas o melhor. Para você só quero sorrisos. Para você só quero olhares sinceros. Porque foi de você que aprendi o melhor. Dos planos que eu tenho quase nenhum mais é sem você. Dos sorrisos agora, todos são para você. Não quero me imaginar sem você. Já não é uma opçãp; já é a muito um caminho sem volta.

domingo, fevereiro 17

Deixa, vai!

-Deixe-me em paz, deixe descansar, deixe-me durmir! Você nunca se dá o trabalho de se por em minha posição, não é? Tudo tem dois lados e nem sempre é você que está por cima de tudo e de todos... Certas coisas tem que acontecer no Lar também.

Happyness

Felicidade é ter por perto,
Aqueles que não saem do pensamento.

Felicidade é poder ter,
Tudo o que precisar, principalmente
Todos que gostar.

Felicidade é sorri,
Sem se importar com os lados,
E desses mostrar p quão bom
É estar feliz.

Now

Now I keep my eyes closed;
Because you keep my feet on the ground.

terça-feira, fevereiro 12

Seu Maior Sonho

E qual seria esse sonho? Eu queria saber, na verdade eu queria saber tudo sobre você. Queria saber dos seuss segredos masi profundos, queria saber do seu maior sorriso, queria saber dos seus planos deixados para trás e aqueles que você ainda acredita. Queria saber mesmo sobre o seu presente, como planeja seu futuro e principalmente sobre o seu passado; e não... Não é só museu que vive do passad. O passado é a melhor forma de se entender o presente e construir o futuro. Mas eu queria saebr mesmo o que você sentiu quando me viu pela primeira vez; pensou o que? E quando me abraçou de verdade; sentiu esquentar o peito? Queria saber o que pensa de mim quando me ve daquele jeito 'chega laranja sai bagaço'; você gosta mesmo? Queria que jurasse que não está me enganando, que naõ é ilusão. O que importa mesmo é que eu masi gostaria era saber da vez que masi chorou e se sentiu perdido, quem te ajudou? Será que você ainda gosta dela...? Você diz que não, mas semrpe me dá um aperto em mim quando vejo você fechar a cara sempre que a olha, será que não vê que isso só me faz sentir o quão você a amou e o quão tola sou? Vêm lágrimas em meus olhos, o que posso fazer? Será que se arrepende, de não ter tentado de novo? Será que se arrepende do que fez antigamente? Será que se arrepende...
Mas me diga, qual é o seu maior sonho?

segunda-feira, fevereiro 11

Nostágia


Daquele tempo que me abraçava. Agora somos estranhos da mesma casa.